Como alugar um imóvel sem fiador

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Encontrou a casa perfeita para alugar, mas não está conseguindo fechar nenhum acordo simplesmente porque não tem um fiador?

Essa situação é muito mais comum do que você imagina. Há maneiras de você superar a situação e alugar sem fiador. Quer saber como?

Neste artigo, vamos explicar para você diversos métodos para alugar a casa dos seus sonhos sem dor de cabeça nem confusão. Nos acompanhe, anote nossas dicas e se prepare para a mudança!

O que é a garantia? Para que serve?

Primeiro, você precisa entender o que é, afinal, a garantia do imóvel. Por que ela é tão necessária? Por que os corretores e imobiliárias, e até mesmo pessoas comuns que alugam imóvel, exigem essa garantia?

Elas não estão erradas em fazer isso. Na verdade, a garantia do imóvel pode ser, inclusive, um braço de apoio para você, morador e locatário.

Essa garantia permite que você possa permanecer na casa por 1 ou 2 meses caso comece a encontrar problemas para pagar. Problemas são normais, afinal, filho que adoece, salário que atrasa… Não importa a situação!

Nesses casos, a garantia do imóvel, ou mesmo o fiador, é a segurança do locador. Ele sabe que não ficará sem receber o valor referente ao aluguel.

Porém, é aí que nasce o problema! Continue neste artigo que vamos explicar melhor como funciona o aluguel com fiador e porque ele pode ser um problema bem maior do que parece inicialmente.

Como funciona o aluguel de imóvel com o fiador

Não é à toa que muitos procuram alternativas para alugar sem fiador. Mas, afinal, como funciona esse tipo de aluguel?

Você já pode ter ouvido essa exigência de imobiliárias e corretores, e ainda assim não entendeu bem o que estavam pedindo. É normal, às vezes, nem mesmo o próprio locador tem muita noção do que é de verdade o fiador.

O fiador funciona como uma garantia de que o locador receberá o dinheiro do aluguel todos os meses. Ele é, de fato, a encarnação da garantia do imóvel.

Porém, o fiador na hora de alugar imóvel não pode ser qualquer pessoa! Ou seja, além de ser alguém diferente da sua casa (a sua esposa não pode ser fiadora do imóvel, por exemplo), ele também precisa seguir uma série de regras.

Primeiramente, para servir como fiador, a pessoa precisa ganhar de 3 a 4 vezes mais que o valor do aluguel. Ou seja, se você vai alugar uma casa de R$ 1 mil, o seu fiador precisa ganhar pelo menos mais que R$ 4 mil!

É aí que o problema começa, e alugar sem fiador começa a ser uma alternativa melhor. Afinal, além de ter uma renda tão alta, o seu fiador também precisa ter um imóvel próprio quitado e não ter dívidas ou nome no SPC. Além disso, se ele for casado, o cônjuge também precisa estar de acordo e participar da transação.

Agora, pare e pense. Quantas pessoas que você conhece ganham mais de R$ 4 mil, já possuem um imóvel e não são casadas?

E quantas dessas pessoas topariam o compromisso (que é até arriscado) de servir como fiador do seu imóvel? Com certeza, o número não é muito grande.

Requisitos do fiador:

  • Comprovação de renda de no mínimo 3 a 4 vezes maior que o valor do aluguel;
  • Precisa ter imóvel próprio quitado na mesma cidade que o imóvel que você quer alugar;
  • Se a pessoa for casada, o cônjuge pode acabar impedindo que ele seja fiador;
  • Ele precisa ter o nome limpo no SPC e Serasa, e será feita uma análise cadastral dele.

Além de todo o constrangimento, ainda há o risco de criar confusão para sua família. Sim, pedir para alguém ser seu fiador, se esforçar para tentar convencê-la disso, já é algo bem constrangedor. Se é alguém da família, ou um amigo próximo, as chances de aceitar são até maiores.

Two women holding flat keys together. They showing it to camera. Mother and daughter buying apartment. Property or mortgage concept

Porém, há outros pontos que torna o fato de alugar com fiador algo assustador. E se, por um acaso, você realmente não conseguir pagar o aluguel em algum dos meses e precisar que o seu fiador cubra o valor para você?

Essa situação, que pode acontecer com qualquer um, pode ser o início de uma grande briga na família. Não é incomum ver amigos que desfizeram a amizade por conta de problemas (até mesmo judiciais!) que tiveram por um ser fiador do outro.

Complicações extras

E, imagine só, algumas imobiliárias exigem até que você tenha 3 ou mais fiadores! Se conseguir um já é difícil, e pode dar tantos problemas, imagine ter a necessidade de encontrar 3 pessoas com o perfil certo para ajudar sua família nesse momento!

E isso tudo coloca em cheque uma pergunta importante: será que vale mesmo a pena perder um vínculo familiar ou amizade por alugar imóvel com fiador?

O que muitos não sabem é que é, sim, possível alugar imóvel sem fiador. E, além de possível, também é muito prático e pode garantir a completa segurança de sua família na hora de alugar a casa dos sonhos!

Quer saber quais as suas opções? Confira uma lista das suas possibilidades nesse momento!

Porém, é importante que você pense com muito cuidado. Pese bem os prós e os contras de cada alternativa para alugar sem fiador. Só depois escolha a melhor alternativa para a sua família!

Opções para alugar sem fiador

Smiling young woman sitting in office lobby showing clipboard to senior man, discussing documents

Caução

A primeira alternativa para alugar sem fiador é a caução. O nome, apesar de bastante difundido, ainda gera muitas dúvidas na cabeça de quem está precisando alugar imóvel.

Afinal, o que é e como funciona a caução? Ela nada mais é do que uma garantia em dinheiro, um valor que você entrega ao locador como forma de garantir que ele não fique sem receber o valor do aluguel no caso de inadimplência.

Isso significa que você terá que dar ao locador um valor que pode chegar até 3 aluguéis. Esse valor é depositado em uma conta poupança autorizada pelo poder público e ficará lá até o fim da vigência do contrato.

Uma alternativa não tão perfeita

Essa é uma boa alternativa para quem está se mudando agora e quer alugar sem fiador, mas tem alguns probleminhas que podem dar dor de cabeça para você e sua família.

O primeiro deles é o problema mais lógico. Você tem o dinheiro de até 3 aluguéis para dar como caução? Esse valor é muito maior do que parece inicialmente, e entregá-lo em caução, pode ser muito penoso para a família inteira!

Afinal, diante tantas coisas para pagar, dar o valor de 3 aluguéis pode ser até mesmo absurdo, a depender de sua situação financeira.

Além disso, um outro ponto que pode gerar problema é quanto o movimento da conta conjunta, aquela que é aberta entre você e o locador para o depósito da caução. Afinal, para fazer qualquer movimentação na conta, é necessário a autorização da justiça.

Por um lado, isso garante que o locador não use o seu dinheiro sem avisar e deixe você na mão. Mas, por outro, também significa que ele vai demorar mais para receber o dinheiro, quando necessário.

Percebe onde nasce o problema? Não à toa, não é todos os locadores que aceitam esse tipo de negociação. O que nos leva à próxima possibilidade de alugar sem fiador!

Seguro fiança locatícia

Se você não tem dinheiro para efetivar a caução e quer alugar sem fiador, uma das suas melhores opções é o seguro de fiança locatícia.

Inclusive, talvez essa também seja sua maneira de alugar imóvel de modo autônomo, sem todo constrangimento gerado para alugar com fiador ou sem toda burocracia da caução.

Você deve estar se perguntando como funciona o aluguel com seguro fiança Locatícia, não é? É muito simples. Ao invés de dar ao locador um valor referente a caução, sua família paga um seguro.

Esse seguro serve exclusivamente para o caso de sua família não conseguir pagar algum mês de aluguel. Assim, ele transforma o seguro na garantia de imóvel que o locador precisa para alugar sem preocupações.

Dentre as vantagens de alugar com seguro fiança locatícia estão a possibilidade de ter descontos na renovação do seguro e até mesmo coberturas extras para caso de danos ao imóvel.

Em alguns casos, e a depender do tipo de assistência 24h contratada, você também recebe a cobertura para cobrir defeito nas instalações hidráulicas e em outros problemas comuns que podem ocorrer em qualquer casa.

Além disso, você e sua família não precisarão passar pela análise cadastral da imobiliária, passando pelo processo apenas na hora de contratar o seguro. Isso torna o processo muito independente e aproxima você da casa dos sonhos!

Cessão fiduciária ou quotas de fundo de investimento

A cessão fiduciária é uma opção relativamente recente para quem quer alugar sem fiador. A verdade é que mesmo quem tem quotas de fundo de investimento desconhece a possibilidade de usá-las como um substituto do fiador na hora de alugar um imóvel.

Essa modalidade de garantia de imóvel é bastante simples, ainda que a parte legal dela possa demorar um pouco para ser concluída.

Em linhas gerais, a lei permite que você ceda parte de suas quotas de fundo de investimento como garantia para o locador da casa que você pretende alugar.

Isso significa que, caso você não pague o valor do aluguel em algum mês, parte de suas quotas vão para a mão do locador. Tudo isso é feito a partir de processos legais e seguindo a lei, claro.

Não é possível, por exemplo, que o locador fique com seus investimentos caso você nunca atrase o aluguel. Além disso, para que ele consiga a parte das quotas referente ao valor devido é necessário emitir um aviso de 10 dias para você pagar o aluguel. Caso não consiga, e apenas nesse caso, as cotas são direcionadas ao locador do imóvel.

Garantia pouco conhecida

Se você é um investidor há alguns anos, essa possibilidade pode assustar um pouco e, de fato, perder o investimento é uma situação chata. Porém, fora isso, essa é uma das formas de alugar sem fiador mais seguras. Uma grande desvantagem é que muitos locadores de imóveis não conhecem essa possibilidade, e também enxergam nela uma péssima escolha.

Afinal, se você não puder pagar um mês de aluguel, o locador só conseguirá receber o valor referente depois de cerca de 10 a 15 dias.

Agora, se você ainda não é um investidor e não possui quotas de fundo de investimento, começar agora só para alugar um imóvel pode não ser uma boa ideia. Vai acabar saindo muito mais caro.

Título de capitalização

Closeup portrait of smiling young stylish pretty Indian woman looking at camera and holding key. Isolated view on white background.

Conseguir alugar sem fiador e ainda concorrer a prêmios. Essa é a possibilidade que o título de capitalização dá, e também um dos motivos pelo qual muitos inquilinos têm preferido essa modalidade.

E se você se preocupa de um dia não conseguir pagar o aluguel e nem o valor do condomínio e IPTU, por exemplo, essa pode ser a sua melhor opção.

Através do título de capitalização, o valor é decidido por você em conjunto com o dono do imóvel ou a imobiliária. Após 15 anos de existência, o mercado se autorregulou em relação ao valor a ser contratado em título. Atualmente, esse montante gira em torno de seis a dez vezes o valor dos aluguéis e encargos. Raramente o locador ou imobiliária pede montante superior a esses múltiplos do aluguel.

A modalidade parece um pouco com a caução tradicional. A diferença é que na Caução em Capitalização o que será caucionado não é o valor em si, mas o contrato de Título de Capitalização. Uma grande vantagem é que você concorre à prêmios em dinheiro, com os sorteios realizados pela loteria federal. A premiação entregue pela Seguradora.

Parece complicado, mas é muito simples. Ao adquirir o título de capitalização para alugar imóvel, você  quita o valor decidido e ele permanece guardado no título. Caso você fique devendo, o locador pede resgate do valor a seguradora para pagar débitos.

No fim do contrato de aluguel, se você não está devendo nada ao proprietário do imóvel, você pode resgatar de volta o valor do título de capitalização. Em outras palavras, os riscos são bem pequenos e você tem a garantia de que terá o valor da garantia de imóvel restituído conforme Condições Gerais do Título de capitalização.

Conclusão

Depois dessas informações, com certeza você está apto a alugar sem fiador. Não deixe que o constrangimento nem mesmo os problemas em encontrar um fiador impeçam a sua família de morar na casa dos sonhos!

Escolha a melhor opção para você, entre o seguro fiança locatícia, título de capitalização e outros, e comece já a planejar sua mudança. Tem dúvidas ou quer compartilhar sua experiência? Entre em contato conosco, estamos prontos para te ajudar nesse processo que é mudar de casa!

Siga-nos no Facebook para receber informações atualizadas sobre nossos serviços. Acesse!

Buscar

Receba conteúdos exclusivos

Cadastre-se em nossas newsletter
Categorias
Falar
Olá, precisando de ajuda?